O Brasil é mesmo um dos poucos países que usa reservatório de água elevado? O uso de pressurizador elimina a necessidade de reservatório? Quais normas devem ser seguidas?

Silas Sepúlveda e Silva Jr.
Brasília

Realmente no Brasil é muito usado o reservatório domiciliar, que historicamente está ligado à questão da confiabilidade do abastecimento de água. Como as concessionárias de modo geral acabam sempre apresentando falhas no abastecimento, as pessoas são levadas a usar o reservatório, ausente em alguns países com sistemas de abastecimento melhor consolidados.

O pressurizador de água tem funcionamento semelhante aos sistemas tradicionais em que se usa reservatório inferior, motobomba e reservatório superior. Contudo, não é permitido ligar a sucção do sistema pressurizador à tubulação da rede pública. Será sempre necessário usar um reservatório de água acoplado, o que não é um requisito da norma técnica, mas sim uma exigência das concessionárias.

O reservatório acoplado alimenta o pressurizador, composto essencialmente por um motor elétrico e por um rotor, que impulsiona a água com maior velocidade e pressão. Os sistemas normalmente possuem comandos automáticos (só passa a pressurizar a partir de certa vazão/abertura da torneira ou do chuveiro, cessa a pressurização também com uma diminuição da vazão), operando de acordo com curvas de rendimento vazão x pressão definidas pela potência do equipamento, tipo e diâmetro das tubulações.

×
Olá!
O que aconteceu com o seu aquecedor?